buscar

Qual é o melhor programa de fidelidade para a minha loja?

Atualizado em: 29/04/2019

 

 

Pequenos e médios varejistas nem sempre enxergam a vantagem de desenvolver um programa de fidelidade, ou não sabem por onde começar. Mas os programas de fidelidade estão entre as principais estratégias adotadas pelas empresas para se diferenciar no mercado ou atrair mais clientes. O consumidor adotou os programas como parte de seu dia a dia: segundo a Associação Brasileira de Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF), 124,7 milhões de pessoas estão cadastradas em algum programa de fidelidade no País.

Atualmente, cerca de 75% dos pontos resgatados são usados em passagens aéreas, mas o acúmulo de pontos por meio de compras do dia a dia é uma oportunidade que atrai o público e estimula as vendas. Um programa eficiente de fidelidade aumenta a frequência de compra e o tíquete médio, melhora a reputação da empresa, engaja os clientes mais fieis e reforça os laços emocionais com a marca.

A troca de pontos, porém, é apenas um dos modelos de programas de fidelidade disponíveis no mercado. A fidelidade do cliente pode ser estimulada de diversas formas e aquela que é ideal para sua loja é a que consegue ser sustentável no longo prazo e gera resultados palpáveis.

Confira quais são os principais tipos de programa fidelidade à sua disposição:

 

Programa de pontuação simples

É o mais comum, o primeiro a ser criado e o mais simples. Nele, os clientes acumulam pontos segundo seu volume de compras e podem trocar seus pontos por produtos, descontos ou serviços especiais. Esse é um modelo que funciona melhor para compras de grande recorrência (como supermercados e alimentação) e que estimula o aumento da frequência dos clientes e o tíquete médio.

 

Programa de níveis de recompensa

É uma variação do primeiro tipo que cria diversos graus de fidelidade, com recompensas diferentes. Assim, um cliente “ouro” tem um relacionamento mais constante com a marca do que um cliente “prata” e tem uma taxa mais favorável de conversão de seus pontos. Isso estimula o público a consumir mais para migrar para os níveis superiores e gera uma sensação de “ser mais especial ainda”.

 

Programas de coalizão

O modelo de coalizão, ou multimarcas, é baseado em parcerias estratégicas com empresas que sejam relevantes para o cliente. Por isso, depende de identificar quais empresas têm aderência à proposta de valor da sua marca. Nesse modelo, os pontos podem ser acumulados e resgatados em qualquer loja participante da campanha e, assim, sua marca pode se tornar mais visível para uma quantidade maior de pessoas. Um cuidado especial a ser tomado, nesse modelo de fidelidade, tem relação à imagem das outras marcas participantes do programa: como todas estão juntas em um único programa, um problema com uma delas pode afetar as demais.

 

Programas de adesão

São também conhecidos por “clubes de fidelidade” e oferecem benefícios exclusivos a quem adere, pagando ou não uma taxa diferenciada. O objetivo é dar uma sensação de pertencer a um grupo exclusivo, estimular o público a consumir seus produtos com mais frequência e, ainda, gerar barreiras à saída do programa. O cliente que adere ao programa paga uma taxa mensal ou anual para acessar ofertas ou serviços exclusivos, como condições especiais de parcelamento, frete grátis, compra antecipada de produtos e participação em eventos especiais.

 

Cashback

A palavra significa, literalmente, “dinheiro de volta”. E é isso mesmo: o repasse de um percentual das compras de volta para o cliente, seja como desconto em futuras compras, seja como resgate físico dos valores. Especialmente para a população com mais restrições financeiras, esse pode ser um apelo importante de vendas.

 

Escolher o modelo de fidelidade que faz mais sentido para a sua empresa é uma estratégia que deve ser analisada com cuidado. O principal objetivo é fazer com que seus clientes mais frequentes (e que representam a maior parte dos lucros) continuem a comprar em sua loja. Por isso, antes de decidir que programa de fidelidade desenvolver, ouça seus clientes e entenda o que faz com que eles continuem comprando com você.