buscar

Lojas em containers fogem do modelo tradicional e apontam inovação no negócio

Atualizado em: 06/06/2018

Desenvolvido como um open mall, com áreas ao ar livre que torna o empreendimento ainda mais interessante para ser visitado, o Outlet Premium SP tem visto crescer o uso de containers para a construção de lojas. Essa é uma alternativa ecologicamente correta, de baixo custo e mais ágil para a instalação de novas operações no mall. Na rede Outlet Premium atualmente, Forever 21 (moda), Polimaia (perfumes), Piwo (choperia), Tune Perfumes, Batatop e Hamburgueria O Nesto (alimentação) já adotam esse conceito em suas lojas.

“Utilizando o container, o custo de obra chega a ser menor que o de uma loja tradicional, mas esse não é o principal benefício”, comenta Fernando Godoy, dos Outlet Premium. “A principal vantagem é a agilidade e praticidade na construção. Quando falamos de lojas de pequeno porte, que usam um ou dois containers, a adaptação do container é feita em uma oficina, que é um ambiente propício para gerar produtividade, e só depois de pronta é que a estrutura vem para o Outlet. Uma vez aqui, a instalação e o acabamento acontecem em um ou dois dias”, explica.

Além disso, quiosques produzidos a partir de containers podem ser movidos para outro lugar sem danificar a estrutura, o que significa uma economia para o lojista. O fato de serem feitos de um material extremamente resistente às intempéries também torna os containers uma opção de baixo custo de manutenção.

E o impacto junto aos clientes costuma ser bastante positivo. “O fato de ser uma construção inusitada chama a atenção de quem passa pelo empreendimento. Por serem diferentes, os containers causam curiosidade e admiração, o que só contribui para o desempenho das operações dos outlets”, analisa Godoy.