buscar

Como usar bem a pesquisa de mercado para gerar vendas

Atualizado em: 11/02/2019

 

 

Muitas empresas, em todos os segmentos, realizam pesquisas de mercado para orientar decisões importantes e desenvolver estratégias de negócios, especialmente as que envolvem investimento e lucratividade.

É importante frisar que a pesquisa de mercado é um relatório de dados a serem interpretados. Para obter o melhor dessas informações, o primeiro passo é fazer as perguntas certas, situar bem o universo pesquisado e contar com uma amostra confiável (número de respondentes).

Para isso, é preciso ter objetivos claros para a pesquisa de mercado. Algumas sugestões de assuntos que podem ser explorados em uma pesquisa são:

  1. Definir o produto, público, praça e preço da maneira mais correta possível.
  2. Criar o perfil do consumidor definindo as características mais relevantes, como idade, nível econômico e gênero.
  3. Entender como o produto se diferencia dos demais e se isso seria bom para o consumidor.

 

Leia também: Como usar dados da operação de varejo

 

Nem todos os negócios conseguem contratar uma empresa de pesquisa ou realizar por si as pesquisas, mas há alguns órgãos especializados que disponibilizam informações que podem ser utilizadas. É preciso, também, conhecer um pouco de estatística e saber minerar dados, pois a maioria deles são apresentados na sua forma bruta ou já interpretados segundo a pauta inicial da empresa que coletou as informações.

 

Leia também: Entenda a jornada do consumidor e conquiste mais clientes

 

Você pode extrair dados de materiais disponíveis em alguns sites e portais, para começar:

SEBRAE: O Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas empresas capacita empreendedores a fazerem uma boa gestão do seu negócio. No seu portal é possível encontrar vídeos e artigos que mostram a importância da pesquisa de mercado e também como realizá-la de maneira profissional.

IBGE: O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística realiza diversas pesquisas que permitem conhecer as características da população brasileira de um modo bem abrangente. Entre elas estão o Censo e a Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar).

IPC Maps: Trata-se de um estudo que apresenta, em números absolutos, o detalhamento do potencial de consumo da população em 22 categorias de produtos em todos os municípios do País, tendo ainda o detalhamento de bairros em 221 cidades.

Mantenha-se atualizado com as editorias de mercado e economia de sites e jornais, pois elas sempre trazem alguns recortes de pesquisa. Associações setoriais, como Fecomercio e Abras, também disponibilizam dados importantes para o setor.

 

Com informações reais de mercado em mãos, as estratégias de vendas tornam-se muito mais assertivas e menos arriscadas, levando a uma mensuração correta do investimento na campanha de marketing. Isso também auxiliará no treinamento da sua equipe, que focará de modo consciente seu esforço de vendas.