buscar

Reduza suas perdas e aumente sua rentabilidade

Atualizado em: 28/07/2019

 

 

Um dos pontos que mais impactam no faturamento de uma empresa varejista é a perda. Segundo o estudo mais recente realizado pela Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (Abrapp), as perdas do varejo brasileiro somaram R$ 21,5 bilhões em 2018.

Seja por quebras, extravios ou furtos, a perda representa sempre a coluna do prejuízo. Para reverter esse número, é preciso olhar a questão com muita atenção e de perto.

 

Entenda as causas

É preciso investigar onde acontece a perda para começar a agir. Busque refazer o caminho da mercadoria para entender se há um padrão (um fato que se repete) naquela perda e assim tomar medidas efetivas.

Tudo sob controle

Só será possível saber o tamanho do problema se houver uma medição real do que deveria estar na loja. É imprescindível manter atualizados os números de itens e mapear com precisão o local de cada produto. Um ambiente descontrolado e desorganizado é uma oportunidade perfeita para prejuízos.

Invista em tecnologia

A instalação de um circuito interno de câmeras, antenas antifurto e etiquetas RFID nos produtos é capaz de inibir pessoas mal-intencionadas. Esses recursos também colaboram com os vendedores, que poderão focar mais nas vendas e no atendimento ao cliente. Utilize um sistema integrado para registro de mercadorias e controle os relatórios de entradas e saídas ao final do dia. Todos os usuários que utilizarem o sistema devem ter usuário e senha individuais. Logins compartilhados não devem ser permitidos.

Invista em um projeto de loja favorável

O projeto da loja deve contemplar a visualização de todos os setores, bem como a movimentação das pessoas e vendedores. Um ambiente sobrecarregado de móveis e produtos facilita perdas por roubo ou quebra.

Gerenciamento de estoque

O estoque deve ser acompanhado de maneira sistemática e rotineira. Além do benefício de acompanhar possíveis perdas, o varejista conseguirá entender o fluxo dos produtos e aperfeiçoar a oferta do seu mix. Para quem lida com produtos com vencimento, a atenção deve ser ainda maior.

Equipe confiável

Cerque-se de profissionais éticos, comprometidos com as metas e desafios do negócios e, sobretudo, automotivados. Esse é um ponto essencial e benéfico para o varejista em múltiplos aspectos, não somente para evitar perdas e danos nos produtos. Pessoas com esse perfil são mais atentas ao seu trabalho, são mais envolvidas com os treinamentos e zelarão pelo que é de sua responsabilidade.

Tenha uma rotina

A forma mais fácil de identificar uma quebra de padrão é estabelecendo, primeiro, uma rotina. Crie um roteiro de ações desde a abertura até o fechamento da loja. Essa é mais uma medida preventiva que fará diferença no controle dos seus números.

 

Todas essas medidas têm função preventiva e podem colaborar significativamente para o aumento da rentabilidade do negócio. Talvez não seja possível aplicar todos ao mesmo tempo, mas ao começar por algum ponto, o restante se desenrola.