buscar

Unicef faz parceria com General Shopping Brasil para reforçar ações de apoio às crianças carentes

Atualizado em: 03/10/2016

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) realiza desde 2012 no Brasil a campanha Amigo da Criança, que busca informar ao público a respeito das ações sociais da entidade em prol das crianças em todo o mundo e convidar as pessoas a se tornarem doadoras. Criada originalmente para ser realizada nas ruas das cidades, no país a iniciativa também ganhou os shopping centers. A General Shopping Brasil é uma das apoiadoras do Unicef no país.

“Para nós, apoiar o Unicef é muito positivo, porque ajudamos a comunidade e, de alguma forma, contribuímos para um mundo melhor”, comenta Juliana Pinheiro, coordenadora de meio ambiente e sustentabilidade da General Shopping Brasil. “Se todo mundo fizer um pouco, juntos fazemos muita coisa”, completa.

O Unicef percebeu que realizar ações em shopping centers seria mais eficaz. “Entendemos que, hoje, ambientes controlados, como os shoppings, garantem um doador de perfil qualitativo diferenciado. Ele se sente mais confortável para confiar seus dados e se tornar um doador. No shopping, também temos mais tempo para contar a respeito do nosso trabalho e criar ações e experiências que mostrem como é a vida de uma criança em condições de desigualdade social”, conta Eduardo Baldinato, F2F Implementing Assistant do Unicef Brasil. “O sucesso da campanha no país hoje está diretamente ligado às parcerias com shopping centers”, diz.

A escolha da General Shopping Brasil como parceira do projeto deve-se ao DNA da empresa, que tem a sustentabilidade como um de seus principais valores. “O fato de a General Shopping Brasil ser um grupo sólido, reconhecido como referência em atendimento ao cliente e que apoia a causa da criança, nos deu muita segurança de que poderíamos desenvolver uma parceria bastante positiva”, comenta.

Para o Unicef, os resultados têm sido excelentes. “Estamos muito contentes em poder dar luz e voz à causa da criança em parceria com a General Shopping. Para diminuir as desigualdades, precisamos somar forças com parceiros que desejam de fato promover mudanças e que engajam seus times e empreendimentos para que possamos difundir nosso trabalho”, completa Baldinato.