buscar

Utilize o Social Commerce para incrementar suas vendas

Atualizado em: 16/05/2019

 

 

A marca vai aonde seu público está e, definitivamente, ele pode ser encontrado nas redes sociais. Esses canais de comunicação revolucionaram a forma como as pessoas e organizações se expressam: o mais importante passou a ser estabelecer conexão – seja pela defesa de uma causa, ensinando alguma coisa ou simplesmente mostrando o cotidiano – e criar relacionamentos.

O Social Commerce surge com a fusão do e-commerce e das mídias sociais, que permite que o consumidor atribua “reações”, avaliações, comentários e compartilhamento dos produtos oferecidos nas redes sociais utilizando os recursos da plataforma de comércio eletrônico. A tecnologia cria um ambiente favorável à troca de informações e ao diálogo com a marca. Com isso acaba se tornando, ao mesmo tempo, uma ferramenta de vendas e feedback.

Uma das grandes vantagens do Social Commerce é que as recomendações positivas fomentam mais vendas do produto e incentivam novas compras. Elas também trazem mais segurança no momento de fechar o pedido, principalmente se essa for a primeira compra do consumidor na loja online da empresa. Outro ponto positivo é a agilidade em detectar problemas e solucioná-los mais rapidamente, revertendo situações que poderiam atribuir má reputação à loja. É necessário, no entanto, ter um bom gestor dessa rede na ponta desse relacionamento e delegar a ele autonomia para a tomada de decisões.

É condição indispensável que esse profissional tenha plenos conhecimentos da língua portuguesa, mesmo que a linguagem utilizada na comunicação seja simplificada ou informal. É preciso certificar-se de que ele saiba dar o tom na conversa, assumindo uma postura madura diante das avaliações e comentários atribuídos aos produtos – tanto nos elogios quanto nas críticas.

Outro recurso utilizado no Social Commerce é a possiblidade do cliente publicar fotos da sua compra na própria plataforma de e-commerce. Algumas dessas interações se resumem apenas à fotografia do produto desembalado; outras mostram o consumidor utilizando a peça. Isso leva a credibilidade da venda a um outro nível, potencializando a aquisição para quem tem apenas o virtual como referência.

Quando integrado a outras plataformas sociais, como o Instagram e Facebook, a divulgação dos produtos passa a ser ainda mais ampla, muitas vezes permitindo que o consumidor continue em suas redes sociais favoritas durante a compra. Uma sugestão é criar #hashtags por campanha e incentivar o comprador a utilizá-las para que a equipe de comunicação consiga identificar os clientes, interagindo sempre que possível.

Muitas lojas também contam com chat para realizar o atendimento dos clientes na plataforma, esclarecendo suas dúvidas, coletando sugestões e resolvendo problemas. Grande parte deles é caracterizado por personagens, trazendo mais um fator social na comunicação para vendas.

Essa conjunção de fatores consegue levar o comprador da intenção para a compra efetiva, incrementando vendas e dando razões para o consumidor se tornar fiel.

Não houve época na história do comércio em que os consumidores estivessem tão próximos às marcas com as quais eles escolhem se relacionar. É preciso aproveitar essa oportunidade: utilize a tecnologia para desenvolver relacionamentos com seus clientes e garantir o sucesso de suas vendas.